Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Justiça prorroga emprego da Força Nacional em apoio a cinco Estados

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 21.12.2020, 11:05:00 Editado em 21.12.2020, 20:41:56
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Ministério da Justiça autorizou a prorrogação do emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio aos Estados do Pará, Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Paraná para cumprimento dos objetivos do Projeto "Em frente Brasil" (Programa Nacional de Enfrentamento à Criminalidade Violenta). A portaria que dispõe sobre a prorrogação do prazo de atuação da Força está publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

    O emprego da Força Nacional está estendido por mais 90 dias, no período de 22 de dezembro a 21 de março de 2021, e a atuação compreende as capitais e regiões metropolitanas dos Estados, com foco nos municípios de Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR), para ações de policiamento ostensivo nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.

    O prazo de apoio prestado pela Força poderá ser prorrogado se necessário e se houver solicitação por parte dos Estados.

    Em outra portaria, também publicada no DOU desta segunda-feira, o ministério da Justiça, autoriza a prorrogação do emprego da Força Nacional nesses mesmos Estados, no período de 21 de dezembro a 20 de março de 2021, para atuação em ações de política judiciária e perícia forense, no combate à criminalidade violenta.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Justiça prorroga emprego da Força Nacional em apoio a cinco Estados"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.