Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Justiça corrige portaria sobre uso da Força Nacional no Acre

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 22.02.2021, 09:57:00 Editado em 22.02.2021, 10:02:18
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O Ministério da Justiça corrigiu portaria publicada na última quinta-feira, 18, na qual autoriza o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao governo do Acre, auxiliando as agências de segurança pública estaduais. A portaria publicada na semana passada dizia que a Força Nacional iria ajudar nas atividades de "bloqueio excepcional e temporário de entrada no País de estrangeiros".

    O ato publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (22) altera exatamente esse ponto da medida anterior e diz que a Força Nacional irá auxiliar nas "atividades de bloqueio excepcional e temporário de saída do País de estrangeiros, em caráter episódico e planejado, por 60 dias, a contar de 18 de fevereiro de 2021 até 18 de abril de 2021".

    Conforme o Estadão/Broadcast noticiou, o Acre chegou ao sexto dia do decreto de situação de emergência neste domingo, 21, em um cenário de enchente recorde, surto de dengue, pandemia da covid-19 e crise migratória na fronteira com o Peru.

    Há cerca de uma semana, segundo o governo local, cerca de 400 imigrantes, a maioria do Haiti e da Venezuela, estão acampados nas proximidades da Ponte da Amizade para tentar o retorno aos países de origem, o que não é possível em razão do fechamento das fronteiras desde o ano passado, para restringir o ingresso de estrangeiros e assim conter a disseminação do novo coronavírus.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Justiça corrige portaria sobre uso da Força Nacional no Acre"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.