Cotidiano

Jornalista comete gafe e diz que Bolsonaro foi "enterrado"

A apresentadora corrigiu o erro rapidamente, mas o fato repercutiu nas redes sociais e deu o que falar

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Jornalista comete gafe e diz que Bolsonaro foi "enterrado"
fonte: Reprodução
Jornalista comete gafe e diz que Bolsonaro foi "enterrado"

Nesta quarta-feira (14), a âncora da CNN Brasil, Daniela Lima, cometeu um erro durante uma apresentação ao vivo. O presidente Jair Bolsonaro precisou ser encaminhado ao hospital após sentir dores abdominais e, ao comentar sobre o caso, Daniela disse que o presidente havia sido "enterrado" ao invés de "internado". 

continua após publicidade

"O presidente Jair Bolsonaro foi enterrad… internado logo cedo, pela manhã", disse a jornalista durante o programa, que se corrigiu prontamente. Veja:

Mesmo corrigindo a falha, o fato repercutiu nas redes sociais. O assessor presidencial Tércio Arnaud ironizou o erro da repórter, afirmando ser "mais um ato falho" de Daniela, que foi citada como "jornalista", entre aspas. No entanto, a apresentadora não deixou barato e repreendeu Tércio. 

"Tenha respeito, rapaz. Se não por mim, porque vocês não têm mesmo, pelo seu chefe, presidente da República. Presidente do Brasil. Respeito que todos nós estamos tendo. Tenha vergonha. Ele internado, a gente acompanhando, com correção. Vergonha. E respeito", disse Daniela.

Notícias sobre o presidente

continua após publicidade

No começo da noite desta quarta-feira, o chefe do Executivo foi transferido para um hospital de São Paulo. Bolsonaro, que passa bem, deve fazer novos exames e tratar a obstrução intestinal. 

No entanto, de acordo com o cirurgião gástrico Antonio Luiz Macedo, o mesmo que operou Bolsonaro após a facada de 2018, o presidente não precisará ser submetido a uma cirurgia de emergência. O presidente deve receber um "tratamento clínico conservador", segundo Macedo.