Cotidiano

Jogador de futebol é preso após agredir árbitro

O atleta vai responder por tentativa de homicídio

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Jogador de futebol é preso após agredir árbitro
fonte: Reprodução
Jogador de futebol é preso após agredir árbitro

Na madrugada desta terça-feira (5), o jogador William Ribeiro, atacante do São Paulo de Rio Grande, foi preso em flagrante por tentativa de homicídio após agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro com um chute na nuca durante o jogo contra o Guarani, em Venâncio Aires, no Vale do Rio Pardo.

continua após publicidade

Veja o momento da agressão no vídeo abaixo:

O árbitro foi socorrido pela ambulância de plantão no Estádio Edmundo Feix e levado ao hospital, de onde teve alta na manhã desta terça, com estado de saúde estável.

William Ribeiro foi levado para a penitenciária. A Justiça deve analisar a prisão em flagrante e decidir se mantém o atleta preso ou ou se ele poderá ser liberado. 

Segundo o delegado Vinícius Assunção, o caso se trata de tentativa de homicídio uma vez que o jogador atacou o árbitro com violência. "Ele desferiu um golpe muito forte, violento, na cabeça do árbitro fazendo com que ele desfalecesse e fosse encaminhado ao hospital", diz.

continua após publicidade

Conforme o delegado observou, o árbitro "não tinha condição de defesa".

"Ele já tinha levado um golpe quando estava em pé e caiu sem chance de defesa. Poderíamos estar diante de uma morte e até uma lesão cerebral gravosa", afirmou o delegado.

Como foi a agressão

continua após publicidade

O fato ocorreu aos 14 minutos segundo tempo, como mostra o vídeo no início da matéria. Após não ser marcada uma falta, o jogador reclama com o árbitro, que assinala a infração dele.

Em seguida, William desfere dois chutes em Crivellaro, um deles já caído no gramado. Ele fica imóvel após sofrer a agressão, e jogadores das duas equipes chamam atendimento médico. A partida foi suspensa.

continua após publicidade

Em nota, a Federação Gaúcha de Futebol lamentou a agressão e desejou pronta recuperação a Crivellaro. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RS) irá averiguar os fatos e tratar das respectivas sanções.

O São Paulo de Rio Grande se manifestou lamentando o ocorrido, e informou, em nota, que rescindiu o contrato com William. Leia na íntegra abaixo.

O Guarani de Venâncio Aires também se posicionou, lamentando o ocorrido e afirmando que prestará todo o apoio possível para o árbitro e a família.

continua após publicidade

Nota do Sport Club São Paulo

Lamentável. Lamentável e acima de tudo, revoltante.

No exato dia em que toda a família rubro-verde reuniu-se para comemorar mais um aniversário de 113 anos do Sport Club São Paulo - nosso clube se deparou com um dos episódios mais tristes de sua história, uma fatídica cena que chocou todas as pessoas que mama não só o futebol gaúcho, mas todas aquelas que simplesmente amam o esporte de modo geral.

Podem ter certeza, lamentamos e nos envergonhamos profundamente de todo o ocorrido - todos nós, em absoluto - toda a nossa nação rubro-verde: direção, torcida, demais jogadores, etc. Pedimos todas as desculpas do mundo ao profissional agredido e sua família, assim como pedimos desculpas ao público, de modo geral, pela cena lamentável vista hoje.

O contrato com o atleta agressor está sumariamente rescindido. Ademais, todas as medidas possíveis e legais em relação ao fato serão tomadas.

Com informações; G1