Mais lidas

    Cotidiano

    Internacional

    Japonesa é diagnosticada com verme na garganta depois de comer sashimi

    Japonesa é diagnosticada com verme na garganta depois de comer sashimi
    Foto por Reprodução/The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 14.07.2020, 16:13:22 Editado em 14.07.2020, 16:50:15
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Um verme foi encontrado na garganta de uma mulher de 25 anos no Japão, o verme de 3,8 centímetros foi encontrado após a mulher comer um sashimi.

    Segundo um artigo publicado na revista científica "The American Journal of Tropical Medicine and Hygiene", o animal da espécie "Pseudoterranova azarasi", semelhante a uma lombriga, ficou instalado na tonsila esquerda, que antigamente era chamada de amígdala. 

    O verme foi encontrado depois da paciente comer sashimi, fatias cruas de certos tipos de peixes. A mulher resolveu procurar ajuda médica após sentir dores na garganta por cinco dias. 

    O bicho foi retirado da garganta da japonesa, logo após isso, ela começou apresentar melhoras.

    Os pesquisadores, afirmaram que infecções na faringe por esse tipo de parasita vêm se tornando cada vez mais comum, a medida que cresce o consumo de peixes crus pelo mundo. 

    Na maioria das vezes, as larvas de vermes do gênero "Pseudoterranova", se instalam no estômago ao infectar os humanos. Os especialistas declaram que a preocupação é que vermífugos e outros medicamentos não são tão eficientes para matar os parasitas e a melhor forma de controlar a infecção é a remoção direta dos animais.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Japonesa é diagnosticada com verme na garganta depois de comer sashimi"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.