Cotidiano

Inusitado: Saruê deixa cartucho de fuzil no Senado Federal

Um projétil de fuzil foi encontrado no chão do jardim de inverno, próximo ao gabinete do senador Álvaro Dias (Podemos-PR)

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Inusitado: Saruê deixa cartucho de fuzil no Senado Federal
fonte: crédito: Luiz Wolff
Inusitado: Saruê deixa cartucho de fuzil no Senado Federal

Uma situação inusitada assustou os servidores do Senado Federal na tarde desta quarta-feira (27/10). Um projétil de fuzil foi encontrado no chão do jardim de inverno, próximo ao gabinete do senador Álvaro Dias (Podemos-PR). A Polícia Legislativa do Senado foi acionada e, após análise de câmeras de segurança, foi descoberto que um saruê havia deixado o cartucho não disparado no local. 

continua após publicidade

Quem encontrou a bala foi a secretária do senador, Cássia Regina Cassânego. Ela relata que passou por um grande susto ao ver um projétil no jardim de inverno. "Quando eu vi algo parecido com uma bala no chão, liguei logo para a polícia legislativa", afirma. 

Uma tensão que logo foi motivo de risadas ao perceber quem deixou o cartuxo. "É muito comum ter saruês circulando por aqui. O jardim de inverno do gabinete fica bem de frente para um portão de ferro que dá para a rua, e esses bichinhos acabam entrando com frequência", comenta. "Teve uma vez que esquecemos a porta do gabinete aberta e um saruê entrou, comeu biscoitos, balas. E quando cheguei no outro dia encontrei tudo revirado e ele lá", relembra. 

continua após publicidade

Não se sabe de onde o animal pegou o cartucho. Cássia pondera que provavelmente ele deve ter pego no chão em algum lugar e carregado na boca até o jardim do Senado.