Cotidiano

Homem rouba cinzas de influencer morta e tenta vendê-las

A prática foi proibida na China por décadas, mas ganhou força recentemente, com um novo mercado de vendedores “casamenteiros fantasmas” on-line

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem rouba cinzas de influencer morta e tenta vendê-las
fonte: Reprodução EXTRA
Homem rouba cinzas de influencer morta e tenta vendê-las

As cinzas da influencer Luoxiaomaomaozi foram vendidas ilegalmente por um agente funerário, na China. A jovem, que morreu em uma transmissão ao vivo na plataforma Douyin, similar ao TikTok, foi cremada e os restos mortais vendidos para homens que queriam realizar “casamentos fantasmas”. As informações são do jornal Extra.

continua após publicidade

Conforme a mídia local, Luoxiaomaomaozi foi convencida por seguidores a se matar no último dia 15 de outubro. Ela tinha mais de 678 mil seguidores na Douyin.

De acordo com o jornal Malay Mail, no “casamento fantasma”, as pessoas se “casam” com os mortos por acreditarem que mesmo as almas que já partiram precisam se casar para manter a prosperidade dos seus filhos.

continua após publicidade

A prática foi proibida na China por décadas, mas ganhou força recentemente, com um novo mercado de vendedores “casamenteiros fantasmas” on-line. Conforme a polícia, três homens que tentaram vender as cinzas da jovem foram presos.

Tags relacionadas: #China #Influencer