Cotidiano

Homem negro tira roupa para provar que não cometeu furto

Um homem entrou em um supermercado para pesquisar preços, mas na saída foi abordado por seguranças e obrigado a tirar a roupa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem negro tira roupa para provar que não cometeu furto
fonte: Reprodução
Homem negro tira roupa para provar que não cometeu furto

Na última sexta-feira (6), um homem negro, de 56 anos, foi obrigado a se despir em um supermercado após ser acusado de furto. O fato aconteceu em Limeira, São Paulo

continua após publicidade

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima alegou que havia ido ao local para fazer uma pesquisa de preço, mas, quando saia do supermercado, foi abordado por seguranças. Os funcionários do estabelecimento ordenaram que ele retirasse a blusa e a calça para provar que não cometeu nenhum crime

Um registro do momento está circulando nas redes sociais. No vídeo é possível notar que o homem diz aos seguranças: “Eu roubei alguma coisa nessa loja, caramba? Eu vim aqui para comprar alguma coisa e me chamam de ladrão.”

continua após publicidade

No registro é possível perceber também que a vítima chora após o ocorrido. 

Por meio de uma nota, o Assaí Atacadista disse que os seguranças foram afastados. “A companhia reforça que não adota nem orienta qualquer forma de abordagem constrangedora a clientes e que tomará todas as providências necessárias tão logo a investigação for encerrada.”