Cotidiano

Homem mata amigo com 59 facadas e dorme ao lado do cadáver

O suspeito colocou um pano sobre o rosto da vítima, para que ele “não ficasse olhando para o autor”

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
O autor  acabou preso um mês após o crime, quando equipes da 2ª DP cumpriram o mandado de prisão  preventiva
fonte: Reprodução
O autor acabou preso um mês após o crime, quando equipes da 2ª DP cumpriram o mandado de prisão preventiva

Nesta segunda-feira (25), a 2ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal concluiu a investigação sobre um crime bárbaro ocorrido em 16 de junho deste ano. Um homem de 60 anos foi morto com 59 facadas. Além disso, o criminoso dormiu ao lado do cadáver, até o dia amanhecer.

continua após publicidade

Conforme apurações da polícia, Francisco Vitoriano do Nascimento estava em sua casa quando foi morto por Samuel Barbosa Ferraz, 20 anos. De acordo com as investigações, o jovem teria sido convidado pela vítima para passar algumas noites na propriedade. Porém, após um desentendimento, Samuel esfaqueou Francisco até a morte. O suspeito ainda colocou um pano sobre o rosto da vítima, para que ele  “não ficasse olhando para o autor”.

Além das 59 facadas, Samuel ainda desferiu golpes de enxada na cabeça de Francisco. O autor  acabou preso um mês após o crime, quando equipes da 2ª DP cumpriram o mandado de prisão  preventiva. Ele já tinha passagens por ameaça, resistência, desacato e desobediência, além de outros atos infracionais quando ainda era adolescente, entre eles um homicídio. Se condenado, o homem pode cumprir uma pena de 12 a 30 anos de reclusão. 

continua após publicidade

Na delegacia, o acusado afirmou que matou Francisco, após a vítima ter tentado manter relações sexuais com ele. No entanto, as apurações não comprovaram essa possibilidade. O autor irá aguardar o julgamento preso, no Centro de Detenção Provisória (CDP), no complexo penitenciário da Papuda.


Fonte: Informações do g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News