Cotidiano

Homem gay aplica mata-leão em homofóbico para defender amiga

Grupo de amigos LGBTQIA+ de Brasília foi alvo de ofensas homofóbicas e transfóbicas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem gay aplica mata-leão em homofóbico para defender amiga
Homem gay aplica mata-leão em homofóbico para defender amiga

Durante uma viagem por Balneário Camboriú, em Santa Catarina, um grupo de amigos LGBTQIA+ de Brasília foi alvo de ofensas homofóbicas e transfóbicas. De acordo com o portal Metrópoles, o caso aconteceu na última segunda-feira (11).

continua após publicidade

Para se defender, um dos integrantes do grupo respondeu aplicando um “mata-leão” no homem que chamou a amiga trans dele de “viadinho”. Os amigos visitavam a cidade catarinense para comemorar o aniversário da artista drag Pikineia.

Eles estavam andando pela rua quando decidiram parar para bater uma foto, momento em que um rapaz aproximou-se e falou: “Sai da frente, viadinho”. “Na hora que tirei a foto, a gente ouviu um homem gritando para sair da frente e falou: ‘Senão, vou te dar um chute na bunda que vai parar na lua’”, disse Pikineia.