Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Homem é suspeito de matar ex a tiros na zona sul de SP

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 03.01.2021, 11:51:00 Editado em 03.01.2021, 11:55:51
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Uma mulher morreu depois de ser baleada dentro de um apartamento na zona sul de São Paulo na noite de sábado, 2. Segundo relatos, ainda conflitantes, o autor dos disparos seria o ex-marido ou namorado da vítima. Ele também feriu o pai da mulher com tiros na região do abdômen e no rosto. Mãe e irmão da mulher também estão feridos. De acordo com a PM, o homem teria fugido do local em um Uno branco. O nome da vítima, de acordo com a polícia, era Amanda. Ela seria estudante.

    De acordo com a PM, o pai da vítima informou que o crime teria ocorrido após uma discussão entre a filha dele e o suspeito. O pai dela teria sido atingido ao tentar separar uma briga entre eles.

    Os feridos foram encaminhados para o Pronto-Socorro do Hospital da Pedreira, Hospital de Piraporinha e Hospital Saboya. O caso foi registrado no 98° DP - Jardim Miriam.

    Feminicídio

    O País teve pelo menos outros 7 casos de feminicídio no período das festas de final de ano.

    Na véspera de Natal, a juíza Viviane Vieira do Amaral, de 45 anos, foi assassinada na Barra da Tijuca, no Rio, pelo ex-marido, Paulo José Arronenzi, de 53 anos, com 16 facadas. O crime foi cometido na frente das três filhas, que têm entre 7 e 9 anos. O assassino foi preso em flagrante.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Homem é suspeito de matar ex a tiros na zona sul de SP"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.