Cotidiano

Homem é preso após fazer 'brincadeira' sobre Covid-19

Ele alegou que pagou alguém infectado com a Covid-19 para “lamber itens em supermercados para assustar as pessoas".

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Homem é preso após fazer 'brincadeira' sobre Covid-19
fonte: Pixabay
Homem é preso após fazer 'brincadeira' sobre Covid-19

A Justiça dos Estados Unidos condenou um homem a mais de um ano de prisão, após ele publicar uma "brincadeira" relacionada ao novo coronavírus nas redes sociais. 

continua após publicidade

Conforme os promotores, o acusado, de 40 anos, divulgou duas mensagens no Facebook em abril do ano passado. Nos comunicados, o homem dizia que havia pago uma pessoa com Covid-19 para "lamber itens em supermercados na área de San Antonio para assustar a população".

Porém, a suposta brincadeira se enquadrou em uma lei federal dos Estados Unidos. Christopher Charles Perez é culpado por duas acusações, por violar a lei federal que criminaliza informações falsas e trotes relacionadas a armas biológicas. A informação foi divulgada à imprensa na última segunda-feira (4).

continua após publicidade

O Southwest Texas Fusion Center (SWTFC) recebeu, em 5 de abril de 2020, uma captura de tela da postagem, e o FBI em San Antonio investigou o assunto, de acordo com o comunicado à imprensa.

“A ameaça era falsa. Perez não pagou ninguém para espalhar intencionalmente o coronavírus em supermercados, de acordo com os investigadores e as próprias admissões de Perez”, disseram os promotores no comunicado à imprensa.

Além da pena de prisão de 15 meses, Perez também deve pagar uma multa de US$ 1.000, equivalente a cerca de R$ 5.400.

continua após publicidade

“Tentar assustar as pessoas com a ameaça de espalhar doenças perigosas não é brincadeira”, disse a procuradora Ashley C. Hoff no comunicado. O Departamento de Justiça dos EUA criou a Força-Tarefa de Repressão à Fraude Covid-19 em maio para combater boatos e fraudes relacionadas à pandemia.

Com informações; CNN.