Governo anuncia publicação do novo calendário do auxílio emergencial - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

R$ 300

Governo anuncia publicação do novo calendário do auxílio emergencial

Foto por
Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

O Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou que o cronograma de pagamento das novas quatro parcelas do auxílio emergencial será divulgado na próxima segunda-feira (28). Ainda segundo ele, o pagamento ainda deve começar a ser feito ainda este mês.

O ministro deu a declaração durante reunião em Palmas, onde liberou recursos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Tocantins. “A gente pretende, no máximo até segunda-feira, fazer a publicação. Desde o início a gente sempre manteve o cronograma do Bolsa Família porque são 14 milhões e 274 mil famílias que são as famílias mais vulneráveis do Brasil”, afirmou.

O governo de Jair Bolsonaro anunciou a prorrogação de mais quatro parcelas de R$ 300 do auxílio emergencial em agosto. Até agora, apenas os beneficiários do Bolsa Família tiveram o calendário confirmado. O calendário desse grupo é o mesmo do Bolsa Família, que foi divulgado no início do ano pelo governo.

Desde semana passada, os beneficiários do Bolsa Família recebem a primeira parcela de R$ 300. Cada dia, seguindo o calendário de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), um grupo tem o pagamento liberado.

Entre os demais beneficiários, os que começaram a receber o auxílio emergencial de R$ 600 em abril atualmente recebem a quinta parcela de R$ 600. “Os demais, que devem já ter o calendário colocado, eu espero que até o final da semana, mas no máximo até segunda-feira vai ser publicado. A equipe está trabalhando fortemente para ver se até o final desta semana ou no máximo na segunda a gente publica no diário oficial para iniciar os pagamentos ainda no mês de setembro”, disse Lorenzoni.

Auxílio emergencial

No início de setembro o presidente da república anunciou o pagamento de mais quatro parcelas do auxílio, com valor reduzido para R$300. O benefício é destinado para trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e beneficiários do Bolsa Família.

Para receber o benefício é necessário ter mais de 18 anos ou ser mãe adolescente, não ter nenhum emprego formal, não ser beneficiário do INSS e ter uma renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Já se sabe que não haverá novos cadastros e que nem todos receberão as quatro parcelas. Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em abril, receberá quatro parcelas de R$300, começando em setembro. Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em maio receberá três parcelas de R$300, começando em outubro. Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em junho receberá duas parcelas de R$300, começando em novembro. Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em julho receberá uma parcela de R$ 300, começando em dezembro.

Deixe seu comentário sobre: "Governo anuncia publicação do novo calendário do auxílio emergencial"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.