Gorinchteyn: Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal - TNOnline
Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Gorinchteyn: Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 17.01.2021, 17:34:00 Editado em 17.01.2021, 17:38:37
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    O secretário de saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, disse neste domingo, 17, que o atraso do governo federal ainda poderá custar mais vidas.

    "Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal", disse Gorinchteyn, em discurso feito nesta tarde de domingo em evento no Hospital das Clínicas de São Paulo. "O Brasil tem a chance de colapsar, não é só Amazonas", completou.

    Presente ao evento, a enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira a ser vacinada contra covid-19, falou da importância da imunização. "Povo brasileiro não tenha medo. É a grande chance que temos de salvar vidas", afirmou. "Agradeço a Deus e tenho orgulho do meu trabalho na UTI do Hospital Emílio Ribas, que está lotada", completou.

    O evento ainda contou com comentários de outros profissionais de saúde, entre eles, Paulo Menezes, médico epidemiologista e coordenador do Centro de Contingência de Covid-19/SP; João Gabbardo, médico pediatra e coordenador executivo do Centro de Contingência Covid-19/SP; Marcos Sáfadi, médico infectologista e presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria e Sérgio Cimermman, médico infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Gorinchteyn: Pessoas ainda poderão perder vidas por atrasos do governo federal"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.