Cotidiano

Gari encontra carteira com R$ 940 no lixo e procura dono; entenda

"O que não é meu, não faz bem pra mim", disse Marcos da Silva que encontrou o objeto que pertence a um homem iraniano

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A carteira encontrada no lixo de Florianópolis continha R$ 940 e documentos de homem iraniano
fonte: Comcap/ Divulgação
A carteira encontrada no lixo de Florianópolis continha R$ 940 e documentos de homem iraniano

Um gari que fazia a coleta na cidade de Florianópolis, em Santa Catarina, encontrou uma carteira com R$ 940 no lixo, nesta última semana. Marcos da Silva percebeu que os pertences, incluindo também documentos, estavam em nome de um homem iraniano chamado Amir Farokhdad.

continua após publicidade

Marcos se prontificou a procurar o empresário nas redes sociais e, apesar de o proprietário não estar mais no Brasil quando foi localizado, a carteira com todos os pertences foram entregues a um amigo do turista.

No dia 20 de junho, Marcos achou Amir um uma rede social e enviou mensagens em português e persa, com auxílio de um tradutor online.  O turista agradeceu e indicou um amigo da capital para receber a entrega. O gari foi de moto até o Bairro Tapera, no Sul da Ilha, levar os pertences. A história foi divulgada pela prefeitura nesta quarta-feira (29).

continua após publicidade

"Na hora que caiu do contentor, parecia que [a carteira] estava dizendo: 'Estou aqui'. Nesse dia, eu estava precisando de dinheiro, não tinha R$ 1 no bolso, mas não ia ser com esse dinheiro que eu ia resolver as coisas", disse.

Marcos mora em Palhoça, na Grande Florianópolis, e tem uma filha de 2 meses. "Eu devolvi porque tinha dono e tenho esse pensamento que, o que não é meu, não faz bem pra mim", comentou.

Segundo ele, o turista estava procurando pelo objeto há uma semana, sem imaginar onde poderia ter deixado. O iraniano contou ao gari que provavelmente deixou a carteira cair no momento em que conversava com um amigo e despejava o lixo no contentor.

continua após publicidade

O profissional afirma que os dois trocaram números de telefone e que o turista insiste em conhecê-lo, quando voltar ao Brasil.


Fonte: Informações g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News