Cotidiano

Força-tarefa de Doria realiza 1ª ação de combate a venda ilegal de madeira

Da Redação ·

Lançado pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em coletiva realizada na última semana, o Procon-SP Ambiental conduziu na manhã desta sexta-feira, 13, sua primeira ação de combate a venda ilegal de madeira nativa. A força-tarefa multou proprietários de sete lojas, localizadas na região central (Brás) e nas zonas oeste e sul da capital. As infrações, segundo o governo estadual, consistem em irregularidades identificadas no estoque físico e na origem da madeira nativa vistoriada.

continua após publicidade

As ações da força-tarefa, composta por Polícia Militar Ambiental, equipes do Procon-SP e agentes da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima), fizeram parte da operação nomeada de Floresta Amiga. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, foram mobilizados para as atividades cerca de 60 policias militares e 20 fiscais do Procon-SP, com apoio de 30 viaturas.

Após trabalho de inteligência de possíveis irregularidades no sistema eletrônico, as equipes realizaram a contagem e medição dos estoques de madeira de oito estabelecimentos. Depois, compararam as cargas com as declarações dos documentos de origem do produto florestal e apreenderam 500 metros cúbicos de madeira nativa.

continua após publicidade

Foram realizados 17 autos de infração ambiental, somando R$ 137 mil em multas a sete proprietários. Segundo o governo estadual, eles ainda responderão na esfera criminal, conforme a legislação vigente. Já os estabelecimentos serão autuados por comercializarem produtos em desacordo com a legislação ambiental.