Farmácias têm recorde de 73 mil casos de covid-19 em testes rápidos em 3 semanas - TNOnline
Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Farmácias têm recorde de 73 mil casos de covid-19 em testes rápidos em 3 semanas

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 07.01.2021, 18:16:00 Editado em 07.01.2021, 18:23:02
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    As farmácias registraram novos recordes semanais de testes rápidos de covid-19, registrando 73.322 mil casos nas últimas três semanas, o que equivale a 15,27% das testagens. Os dados são de levantamento da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), antecipado ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

    Segundo a entidade, também houve recorde do número de atendimentos nas farmácias, chegando a 186,5 mil testes entre 21 e 27 de dezembro (14,07% de casos confirmados).

    Entre os dias 14 e 20 de dezembro, foram realizadas 141,7 mil testagens (com 15,65% de confirmações), enquanto 154,7 mil foram feitas entre 28 de dezembro e 3 de janeiro (16,08% de testes positivos).

    No acumulado do ano, 2,031 milhões de testes rápidos foram realizados em farmácias associadas à Abrafarma, sendo que 15% (306 mil) foram positivos.

    A região Norte segue liderando o porcentual de casos confirmados, com três Estados nas três primeiras colocações: Acre (27,05%), Amazonas (27%) e Amapá (25,14%).

    De acordo com a associação, o Nordeste também apresenta um viés de alta, com quatro Estados acima de 20%: Paraíba (22,4%), Pernambuco (22,37%), Rio Grande do Norte (20,57%) e Ceará (20,51%).

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Farmácias têm recorde de 73 mil casos de covid-19 em testes rápidos em 3 semanas"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.