Cotidiano

Falsa biomédica é presa por deformar pacientes

De acordo com a Polícia Civil, os pacientes eram atraídas pelo baixo valor dos serviços da falsa biomédica

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Falsa biomédica é presa por deformar pacientes
fonte: Pixabay\ ilustração

Uma mulher, de 35 anos, foi presa na quinta-feira (10), acusada de se passar por biomédica para realizar procedimentos estéticos sem autorização, em Manaus (AM). Formada em matemática, a mulher assistia a tutorias na internet antes de realizar os procedimentos nos pacientes. As informações são do jornal O Globo.

continua após publicidade

De acordo com a Polícia Civil, os pacientes eram atraídas pelo baixo valor dos serviços da falsa biomédica. Procedimentos que custariam R$ 15 mil seriam oferecidos por Hozana por R$ 3 mil.

No total, 10 pessoas denunciaram a falsa biomédica por terem ficado deformadas após se submeterem a procedimentos estéticos feitos por ela.

continua após publicidade

“A mulher já havia trabalhado em várias clínicas da cidade, pois sempre que dava algum problema ela era demitida, mas já buscava outra clínica para trabalhar”, contou o delegado Gesson Aguiar.

Conforme o delegado, algumas das vítimas precisaram ser internadas em Unidades de Terapia Intensiva por conta de problemas cardíacos. Outras relataram terem ficado deformadas e sofrido com a falta de prestação de socorro.

A mulher vai responder pelos crimes de estelionato, lesão corporal grave e falsificação de documento público. “Como a infratora alegou que era formada em Biomedicina e que tinha estudado em uma faculdade particular da capital, nós entramos em contato com a instituição de ensino superior e fomos informados que Hozana nunca tinha passado por lá”, disse Aguiar.


Tags relacionadas: #falsa #mulher #presa