Cotidiano

Fake News: É falso que primeira enfermeira vacinada já teria sido vacinada antes

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Fake News: É falso que primeira enfermeira vacinada já teria sido vacinada antes
fonte: Reprodução
Fake News: É falso que primeira enfermeira vacinada já teria sido vacinada antes

Mônica Calazans foi voluntária, mas recebeu apenas placebo e não a vacina. Butantan diz que antes de ser vacinada, ela fez teste sorológico para Covid-19, que não detectou presença de anticorpos do vírus.

continua após publicidade

Circula pelas redes sociais uma mensagem que diz que a enfermeira Mônica Aparecida Calazans, a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid no Brasil, já tinha tomado doses da Coronavac e que a imunização foi encenada. É #FAKE.

A mensagem falsa se baseia em uma reportagem real, publicada no site do Conselho Regional de Enfermagem, em que Mônica fala sobre sua experiência como voluntária para os testes da vacina.

continua após publicidade

O Instituto Butantan afirma que Mônica de fato participou dos testes clínicos como voluntária mas recebeu placebo e não vacina.

"Isso foi comprovado porque, antes de ser vacinada, fez teste sorológico para Covid-19, que não detectou presença de anticorpos do vírus. Portanto são falsas as mensagens que acusam suposta encenação", diz o Butantan.

Essa informação de que Mônica foi voluntária já estava publicada, aliás, nas reportagens sobre a vacinação da enfermeira.

continua após publicidade

Mônica foi imunizada neste domingo (17), no Hospital das Clínicas, em São Paulo. O governo paulista aplicou a primeira dose da CoronaVac minutos após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da vacina.


Fonte: G1 Notícias 

Tags relacionadas: #CoronaVac #COVID-19 #fake news