Cotidiano

Estudante morre baleada após PM de folga reagir a assalto no centro de SP

Da Redação ·

Uma tentativa de assalto no centro de São Paulo deixou uma estudante de 22 anos morta, outra jovem da mesma idade ferida e um suspeito baleado após a reação de um policial militar à paisana na noite desta segunda-feira, 11. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu no cruzamento da Rua Vitória com a Avenida Rio Branco. O agente, que estava de folga e sem uniforme, contou à Polícia Civil que viu um assalto na calçada e atirou três vezes na direção do suposto criminoso.

continua após publicidade

As duas mulheres passavam pela calçada da Rua Vitória quando foram atingidas pelos disparos. A estudante Ingrid Reis Santos, de 21 anos, foi atingida no peito. Ela foi levada até a Santa Casa de Misericórdia, também na área central, mas não resistiu. A outra mulher, Elana Maciel, de 22 anos, foi levada para o mesmo hospital com um ferimento na barriga e teve alta médica.

O suspeito do roubo foi baleado e acabou preso pela Polícia Civil. Segundo as investigações, ele usava uma arma falsa, que acabou apreendida. A tentativa de roubo é investigada pelo 3º DP.

continua após publicidade

Segundo a Polícia Militar, "o homicídio decorrente de intervenção policial é apurado por meio de inquérito pelo DHPP. A autoridade policial deu voz de prisão ao agente que foi colocado em liberdade após o pagamento de fiança". A reportagem apurou que o policial foi indiciado por homicídio culposo, mas a natureza do crime pode mudar com as investigações.

De acordo com testemunhas, o pai de Ingrid é dono de um bar na região central, onde mora a família. Ela teria ido buscar uma chave no estabelecimento e estava a caminho de um curso noturno quando foi atingida pelos tiros.