Cotidiano

Empresário morre após esposa militar atirar contra ele

Bruno passou mais de 50 dias internado

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Empresário morre após esposa militar atirar contra ele
fonte: Reprodução/Facebook

Após passar mais de 50 dias internado, o empresário Bruno Piva Júnior, de 52 anos, não resistiu e morreu na manhã de terça-feira (25). Ele sofreu um disparo de arma de fogo, efetuado pela esposa, de 41, que é tenente do Exército. O tiro atingiu o tórax de Bruno.

continua após publicidade

O crime ocorreu no início de dezembro de 2021, em Praia Grande, São Paulo. Na época, as autoridades receberam a informação de que um homem havia sido baleado. 

Quando chegaram na residência do casal, encontraram a esposa da vítima e a indagaram sobre o caso. Ela alegou que o marido havia sido ferido durante uma tentativa de assalto. Ainda de acordo com a mulher, o autor dos disparos teria fugido do imóvel. 

continua após publicidade

No entanto, durante as buscas na casa, a polícia encontrou uma pistola embaixo de um veículo estacionado na garagem. Confrontada, ela admitiu o crime.

A responsável pelo tiro foi presa em flagrante.