Cotidiano

Empresa vende tênis destruído por R$ 3,2 mil e gera polêmica

A marca é conhecida por provocar alvoroços na internet com seus lançamentos, como o Crocs de salto alto

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Empresa vende tênis destruído por R$ 3,2 mil e gera polêmica
fonte: Divulgação Balenciaga

Nesta terça-feira (09), o lançamento de um tênis da marca Balenciaga causou controvérsia e dominou as redes sociais mundialmente, devido ao sapato possuir um estilo destruído e sujo.

continua após publicidade

Não é de hoje que a Balenciaga causa controvérsia ao lançar itens que causam estranheza ou incômodo visual. Sob direção criativa do estilista Demna Gvasalia, a marca constantemente provoca alvoroço nas redes sociais. Foi assim com lançamentos como do Crocs de salto alto e bolsa que parece saco de lixo.

Disponível em branco, preto e vermelho, o tênis é batizado de Paris Sneaker. O visual “surrado” chama atenção e gera agonia. Além de tons desbotados, o modelo aparece com tecido rasgado, arranhões e manchas.

continua após publicidade

De acordo com a marca, o objetivo é sugerir que o tênis é “pensado para ser usado por toda a vida”. A etiqueta, inclusive, recomenda “limpar com um pano macio”. Em edição limitada, apenas 100 pares do modelito inusitado serão vendidos.

Há versões de cano alto e também mule. Além do item full destroyed (completamente destruído, em tradução livre), é possível comprar o modelo sem avarias. Uma peça pode chegar a custar cerca de US$ 625, mais de R$ 3.2 mil, segundo o Hypebeast, com informações oficiais da grife.

É claro que a internet não perdoou. O Paris Sneaker, da Balenciaga, dominou as redes sociais globalmente, quando a novidade foi anunciada. O tênis destruído virou meme, entre piadas e críticas.

continua após publicidade

Alguns usuários falaram que o sneaker parece ter saído diretamente de um lixão, enquanto outros brincaram com a “oportunidade” de usar os próprios calçados sujos, sem julgamentos. Houve até reflexões sobre o capitalismo e a desigualdade social.


Fonte: Metrópoles.

Tags relacionadas: #polêmica #redes sociais #tênis