Cotidiano

Em colapso, Los Angeles escolherá pacientes por chance de sobrevivência

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Em colapso, Los Angeles escolherá pacientes por chance de sobrevivência
fonte: Lucas Jackson/Reuters
Em colapso, Los Angeles escolherá pacientes por chance de sobrevivência

Os hospitais do sul da Califórnia, nos Estados Unidos, estão com as unidades de terapia intensiva (UTIs) cheias por conta da pandemia da Covid-19, a Agência de Serviços de Emergência do condado de Los Angeles orientou as equipes das ambulâncias a não transportar pacientes com pouca chance de sobrevivência para hospitais e a conservar o uso do oxigênio.

continua após publicidade

Los Angeles e o sul da Califórnia estão enfrentando um dos piores surtos de Covid-19. Vários centros médicos não têm espaço para abrigar pacientes que não têm chance de lutar contra a doença, segundo a agência.

Na noite de segunda-feira (4), haviam 7.544 pessoas hospitalizadas em Los Angeles devido ao novo coronavírus e apenas 17 leitos de UTI para adultos disponíveis, de acordo com dados de saúde do condado. Devido à falta de leitos, a EMS disse que os pacientes cujos corações pararam, apesar dos esforços de ressuscitação, não deveriam mais ser transportados para hospitais.

continua após publicidade

"Se não houver sinais de respiração ou pulso, a EMS continuará a realizar a ressuscitação por pelo menos 20 minutos", diz memorando da entidade.

"Se o paciente estiver estabilizado após o período de ressuscitação, ele será transportado para um hospital. Se o paciente for declarado morto no local ou se nenhum pulso puder ser restaurado, os paramédicos não irão mais transportar o corpo para o hospital", acrescenta.

Com informações; CNN.