Cotidiano

Doria volta a atacar Ministério da Saúde após Paes suspender vacinação no Rio

Da Redação ·

Por meio do Twitter, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), respondeu a uma mensagem enviada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), que anunciou, pela manhã, que a capital fluminense recebeu menos vacinas contra covid-19 do que o necessário - e que, por isso, precisou suspender a aplicação.

continua após publicidade

"Incompetência do Governo Federal! 11.2 milhões de vacinas estocadas e não distribuem, @Eduardopaes, Pref. SP segue padrão de todo o País: Estado recebe doses do PNI e distribui para os municípios. Aqui compramos doses extras e ainda assim falta, porque não recebemos doses prometidas pelo Ministério da Saúde."

Nesta quarta-feira, também via Twitter, o prefeito do Rio comentou a paralisação na vacinação na capital fluminense e pediu ao governador paulista que envie lotes da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan, diretamente para a cidade. "Não tem como mandar doses direto da Coronavac para cá não? Sem intermediários, como você está fazendo com a Prefeitura de São Paulo?", indagou Paes.