Cotidiano

Doria deve receber segunda dose da vacina Coronavac nesta sexta-feira

Da Redação ·

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), deve receber nesta sexta-feira, 4, a segunda dose da vacina contra covid-19. Com 63 anos, o tucano tomou a primeira dose da Coronavac, vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac, no dia 07 de maio.

continua após publicidade

O governador seguiu o intervalo recomendado de 28 para aplicação da segunda dose do imunizante, e deve ser vacinado amanhã, pela manhã, às 11h30, em Pinheiros, na capital paulista. Responsável pela articulação que trouxe a Coronavac ao País, Doria se tornou um dos principais adversários políticos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O tucano, inclusive, aproveitou a ocasião da aplicação de sua primeira dose do imunizante para provocar o presidente Bolsonaro, que ao longo do último ano fez diversas declarações atacando, entre outras, a vacina chinesa. Em publicação no Instagram, após tomar a primeira dose da vacina, Doria satirizou uma fala do presidente dizendo: "Não virei jacaré". Junto a mensagem, o governador publicou uma imagem onde usava um filtro para imitar a aparência de um réptil.

continua após publicidade

Em dezembro do ano passado, ao questionar os possíveis efeitos colaterais das vacinas contra covid-19, o presidente Bolsonaro afirmou que se as pessoas que se vacinassem virassem "um jacaré" após serem imunizadas, que o problema seria delas. A frase questionando a segurança das vacinas tem sido alvo de piadas contra o presidente até hoje.