Mais lidas

    Cotidiano

    Cotidiano

    Doria anuncia vacinação de idosos de 72 a 74 anos a partir de 22 de março

    Escrito por Da Redação
    Publicado em 10.03.2021, 13:28:00 Editado em 10.03.2021, 13:35:10
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    Com o aumento de casos, óbitos e internações por covid-19, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), deve anunciar novas medidas para conter a pandemia no Estado em coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 10, que começou logo após as 13 horas. Internamente, o governo chegou a discutir a possibilidade de determinar uma classificação mais restritiva do Plano São Paulo, chamada fase roxa. Doria anunciou o início da vacinação de idosos de 72 a 74 anos a partir de 22 de março, uma semana após o começo da imunização para quem tem 75 e 76 anos.

    "Infelizmente, infelizmente mesmo, estamos em uma situação de alerta máximo no caso de São Paulo, mas não é diferente na maioria dos Estados", declarou. "Em São Paulo, vários hospitais estão lotados e números crescentes de infecção, internação e óbitos."

    Doria também anunciou 338 novos leitos para pacientes da doença, dos quais 167 são de UTI. Esse é o terceiro anúncio de ampliação em duas semanas, totalizando 1.118 novos leitos nas próximas semanas. "A gravidade dos novos casos exige mais tempo de internação. Isso sobrecarrega hospitais e limita a rotatividade de leitos hospitalares", completou o tucano.

    Na coletiva, o governador disse que a situação está à "beira de um colapso" e que São Paulo vai "evitar de qualquer maneira" que os profissionais de saúde tenham que escolher "quem deve viver e quem não deve". "É sabido que vários hospitais (paulistas) não tem mais vagas disponíveis, a pressão está crescendo de forma acelerada."

    A discussão sobre uma etapa com mais restrições ocorre há algum tempo no Centro de Contingência do Coronavírus, como noticiou o Estadão em fevereiro, e se intensificou nesta semana.

    Na terça-feira, 9, o Estado registrou 517 mortes pelo novo coronavírus, o número mais alto desde o começo da pandemia. Até então, o recorde era do último dia 2, com 468 óbitos. O número de casos também continua subindo, e é o mais alto deste ano, com registro de 16.058 infectados em 24 horas.

    Como noticiou o Estadão, São Paulo tem mil pacientes na fila de espera por internação (não foram especificados quantos são por UTI ou por leitos clínicos). Somente em março, ao menos 26 pessoas morreram por covid-19 enquanto aguardavam transferência para um leito.

    São Paulo tem 2.134.020 casos e 62.101 óbitos confirmados por covid-19 até agora. A taxa de ocupação é de 82% em UTI, média que é de 82,8% na Grande São Paulo. Em enfermaria, a ocupação é de 66,1% no Estado, enquanto é de 74,2% na região metropolitana da capital.

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Doria anuncia vacinação de idosos de 72 a 74 anos a partir de 22 de março"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.