Cotidiano

Desabamento: trecho da Tietê volta a ceder e cratera aumenta

O acidente aconteceu por causa do rompimento de uma coletora de esgoto

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Desabamento: trecho da Tietê volta a ceder e cratera aumenta
fonte: RONALDO SILVA/Estadão Conteúdo

Devido a um desmoronamento próximo ao canteiro de obras do Metrô de São Paulo, uma cratera se formou na Marginal Tietê e ela aumentou ao longo do dia. O acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (1º), por causa do rompimento de uma coletora de esgoto. Ninguém se feriu. 

continua após publicidade

Depois de uma enorme porção de terra ceder para dentro da obra, levando um trecho da Marginal Tietê, partes do asfalto continuaram lentamente cedendo e uma caixa d’água que estava no local foi engolida pela cratera.

João Doria (PSDB), governador de São Paulo, falou a respeito do caso nesta terça-feira. De acordo com o político, o fluxo de veículos no local precisou ser interditado por conta da cratera, que foi causada por um rompimento na tubulação de esgoto. 

continua após publicidade

Ainda conforme Doria, a Acciona, empresa que está à frente das obras, atingiu uma coletora da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) durante as escavações. 

O governo e a empreiteira, no entanto, negam que o deslizamento estaria relacionado à escavação realizada pela máquina conhecida como Tatuzão (equipamento subterrâneo de perfuração do solo).

Com informações do Metrópoles.