Cotidiano

Deputado Sergio Souza é eleito presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

Da Redação ·

O deputado federal paranaense Sergio Souza (MDB) foi eleito, nesta terça-feira, 1 de dezembro, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária. O federal do Paraná ocupava a vice-presidência da FPA há dois anos. Para Sergio Souza, os principais desafios da frente estão relacionados com a modernização da legislação que impulsione o Agronegócio, além de iniciativas que contribuam para desmistificar uma má imagem do produtor rural brasileiro dentro e fora do país, e ações que deem segurança jurídica às atividades relacionadas ao Agronegócio.

continua após publicidade

“É necessário que a população saiba a importância do Agro do Brasil, não só para o país, mas também para o planeta”, declarou, ressaltando que o Brasil, atualmente, ocupa posição de destaque no cenário internacional como um dos maiores produtores de alimentos.

Sergio Souza sucede o deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS) na presidência da FPA. Quem prestigiou a eleição foi a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento,  Tereza Cristina. Ela ocupou o cargo de presidente da FPA em 2018. No discursos, enalteceu o trabalho desenvolvido por seu sucessor, Alceu Moreira, e se colocou à disposição do novo presidente para, juntos, “buscarem soluções para vencer os desafios existentes e os que estão por vir”.

continua após publicidade

Sergio Souza foi senador entre 2011 e 2014, e está no segundo mandato consecutivo como deputado federal. Na Câmara, soma 444 propostas legislativas (projetos de lei, requerimentos, indicações, entre outras demandas) apresentadas, 85 matérias relatadas, e 112 vezes subiu à tribuna do plenário Ulysses Guimarães para discursar. As principais atuações tem relação com as comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, colegiado que presidiu; e de Finanças e Tributação, colegiado que tem a sua presidência. Além de tratar das demandas do Agro na Frente Parlamentar da Agropecuária, é secretário-geral da Frente Parlamentar do Cooperativismo. Também foi relator da Comissão Parlamentar ele Inquérito dos Fundos de Pensão e da Nova Lei de Concessões.

*Sobre a FPA:  A bancada é formada por cerca de 250 deputados e 40 senadores, e possui alto poder de influência em debates e articulação dentro e fora do Poder Legislativo. A posse de Sergio Souza e da nova diretoria está marcada para 23 de fevereiro do ano que vem, e o mandato é para o biênio 2021/2022.  

Outros desafios para a FPA, segundo Sergio Souza:

continua após publicidade

1) Modernizar a legislação que impulsione o Agronegócio;

2) Elaborar iniciativas que contribuam para o desenvolvimento das atividades do Agro no pós-pandemia da Covid-19;

3) Reduzir os custos de produção, a carga tributária e a burocracia;

continua após publicidade

4) Dar segurança jurídica às operações dos empreendedores rurais e cooperados;

5) Ampliar a participação do Agronegócio brasileiro no mercado internacional; 

continua após publicidade

6) Combater a desinformação e valorizar a imagem do produtor rural dentro e fora do país; 

7) Facilitar o acesso a ferramentas e recursos para desenvolver as atividades do Agro;

8) Aproximar a população da realidade do Agronegócio;

continua após publicidade

9) Incentivar o empreendedorismo rural e a criação de novos negócios no segmento;

10) Trabalhar pelo avanço da regularização fundiária;

11) Avançar com ações desenvolvidas pelo setor que foquem na preservação do meio ambiente.

*Por Patrícia Fahlbusch, com informações complementares da Agência FPA

Deputado Sergio Souza é eleito presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária fonte: Patrícia Fahlbusch