Cotidiano

Criança tem braço amputado após ataque russo em Hostomel

O presidente ucraniano disse que quase 100 crianças morreram após a invasão russa

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Criança tem braço amputado após ataque russo em Hostomel
fonte: Reprodução/Facebook/olenazelenska.official

Uma menina, de 9 anos, precisou ter o braço amputado após um ataque russo em Hostomel, cidade que fica na região de Kiev, Ucrânia. A informação foi dada pela primeira-dama ucraniana, Olena Zelenska, na segunda-feira (14). 

continua após publicidade

A vítima, identificada como Sasha, fugia da cidade com seus pais e irmã quando teriam sido alvejados por tropas russas. O pai da garota morreu e ela foi atingida a caminho de um bunker. A mãe e irmã de Sasha não sofreram ferimentos.

A primeira-dama contou por meio de uma rede social que Sasha ficou dias com o braço ferido e sem acesso a ajuda. Porém, quando conseguiu chegar a um hospital, precisou ter o membro amputado. 

continua após publicidade

"Foram necessários muitos esforços inacreditáveis ​​de voluntários para retirar Sasha e sua família", disse a primeira-dama. "Ela continuará seu tratamento no exterior".

"No entanto, curar as feridas no coração será muito mais difícil", disse Zelenska.

A região de Hostomel, a cerca de 30km de Kiev, tem confrontos diários entre forças russas e ucranianas. A área é estratégica e abriga um grande aeroporto - controlado pelos russos.

continua após publicidade

Quase 100 crianças morreram na guerra

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse nesta terça-feira (15) que quase 100 crianças morreram após a invasão russa na Ucrânia.

Em um discurso virtual aos legisladores canadenses, ele disse que soldados russos tiraram a vida de 97 crianças ucranianas.

continua após publicidade

"Eles estão destruindo tudo: memoriais, escolas, hospitais, conjuntos habitacionais. Eles já mataram 97 crianças ucranianas", disse o líder ucraniano.

Com informações do g1.