Cotidiano

Criança de 2 anos é encontrada viva ao lado do corpo da mãe

Segundo os bombeiros, a menina estava consciente e calma

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Criança de 2 anos é encontrada viva ao lado do corpo da mãe
fonte: Redes Sociais/ Reprodução (E); Corpo de Bombeiros Militar/ Divulgação (D)

Uma criança de dois anos foi encontrada viva ao lado do corpo da mãe em Maravilha, no Oeste catarinense, após ficar quase 24h sozinha dentro de um veículo. Segundo os bombeiros, as duas sofreram um acidente e foram encontradas na manhã desta sexta-feira (27).

continua após publicidade

A mulher, identificada como Carolina Nadir Weizenmann, de 30 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, a mulher tinha deixado o marido no trabalho, no fim da manhã de quinta-feira (26), e, junto com a filha, iria para o serviço dela. Desde então, as duas estavam sendo procuradas por familiares e amigos.

continua após publicidade

De acordo com os bombeiros, a equipe foi acionada após moradores da região avistarem o veículo às margens de um córrego no bairro Universitário. A criança estava consciente e calma, segundo a corporação. Ela também apresentava um corte na cabeça e sinais de hipotermia. A menina foi encaminhada ao Hospital São José, onde está internada em estado estável.

Ainda conforme os bombeiros, a suspeita é de que o carro tenha saído da pista, já que o veículo atravessou uma cerca e foi parar dentro de um rio.

Um inquérito foi instaurado para investigar as causas do acidente. Segundo a Polícia Civil, depoimentos começaram a ser colhidos no final da tarde desta sexta-feira (27).

continua após publicidade

Prefeitura presta homenagem

Caroline trabalhava como servente em um Centro de Educação Infantil em Maravilha. Nas redes sociais, a prefeitura lamentou a morte da servidora, lembrada como uma "profissional dedicada".

 

Criança de 2 anos é encontrada viva ao lado do corpo da mãe fonte: Reprodução/ Redes Sociais
continua após publicidade

Com informações: G1


GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News