Corte de 212 árvores para obra federal causa protesto em São José dos Campos - TNOnline
Mais lidas
Ver todos

Cotidiano

Corte de 212 árvores para obra federal causa protesto em São José dos Campos

Escrito por Da Redação
Publicado em Editado em
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, .

A retirada de 212 árvores no bairro Jardim Paulista para a construção de uma subestação de energia no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) pegou os moradores de surpresa e causou muitos protestos, em São José dos Campos. O bosque servia de cobertura para uma pista de caminhada e abrigava ninhos de aves, segundo os moradores. O bairro fica próximo da Via Dutra, principal corredor rodoviário entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Além de espécies nativas, havia frutíferas, como abacateiros e mangueiras nessa área.

Os moradores da região reclamaram da falta de aviso prévio e da discussão de possíveis alternativas ao corte das árvores. A derrubada repercutiu em redes sociais. "Não estão pensando no clima mesmo, quanto menos árvores, menos ar puro e doenças respiratórias, ainda mais próximo da Dutra. Quanta poluição tem", postou Ana Paula Zago.

A derrubada das árvores acontece em um momento em que São José dos Campos é reconhecida pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) como uma das três cidades brasileiras com melhor manejo florestal urbano. O programa Tree Cities of the World avalia as abordagens mais bem sucedidas para o gerenciamento da arborização urbana.

A prefeitura informou que a obra é do Ministério da Defesa para a construção de subestação rebaixadora de tensão, com linhas de transmissão e distribuição, que irá fornecer energia elétrica para o campus do DCTA e para o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). "Por se tratar de uma área de domínio federal e uma obra de interesse nacional da Força Aérea Brasileira, a atribuição legal para o licenciamento ambiental compete à União", informou.

Ainda segundo o município, "conforme tratativa e histórico de cooperação entre a prefeitura e o DCTA, foi estabelecida medida compensatória nos termos do Decreto Municipal 16.297/2015, sendo que para a supressão prevista de 212 indivíduos arbóreos, foi estabelecido o plantio de 4.995 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e Cerrado." A compensação já foi cumprida. As árvores foram plantadas entre janeiro e fevereiro deste ano nas proximidades da área atingida pelo corte.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Deixe seu comentário sobre: "Corte de 212 árvores para obra federal causa protesto em São José dos Campos"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Candidatos

Não encontramos candidatos com o filtro selecionado.