Cotidiano

Como estudar história pode ajudar a desenvolver uma redação?

O resultado de um inscrito no vestibular é influenciado de forma significativa pelo seu desempenho na redação presente na prova

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Como estudar história pode ajudar a desenvolver uma redação?
fonte: Reprodução
Como estudar história pode ajudar a desenvolver uma redação?

Desde sempre, o resultado de um inscrito no vestibular é influenciado de forma significativa pelo seu desempenho na redação presente na prova.

continua após publicidade

Isso ocorre porque os vestibulares, além de avaliar a capacidade técnica e o preparo de um inscrito na hora da prova, gostam também de avaliar a capacidade crítica de um possível futuro universitário.

Ainda, este caráter cidadão, crítico e social presente nas redações dos mais variados vestibulares é especialmente presente em provas de instituições públicas.

continua após publicidade

Contudo, a grande pergunta é como desenvolver este caráter cidadão e crítico, ao longo dos anos e se preparar também para este desafio imposto pelas provas?

Com isso em mente, hoje analisaremos um pouco algumas áreas cujo estudo pode render aprendizado social e crítico e como o estudo destas áreas pode render uma redação pronta que serve para qualquer tema com ênfase social.

A importância do estudo da história e sua atuação como visão crítica de mundo

continua após publicidade


A história é a ciência que estuda o desenvolvimento da humanidade e a vida do homem ao longo do seu trajeto pelo tempo.

Logo, uma das maiores importâncias de se praticar o estudo da história é a compreensão e o entendimento do homem em relação com seu tempo e espaço.

continua após publicidade

Também, de acordo com Lilian Aguiar para o portal Escola Kids, da UOL, a história está presente no cotidiano e dia-a-dia dos humanos e ela vai sendo construída diariamente através da atuação da humanidade e da sociedade.

Ao realizar o estudo da história, é possível compreender as decisões tomadas e caminhos traçados pelas civilizações no passado, podendo assim, se inspirar ou até evitar possíveis erros.

continua após publicidade

Em um contexto nacional, o estudo da história do Brasil e de seus períodos históricos pode contribuir para o entendimento da sociedade através da análise de fatos que ocorreram na história do país.

Além de tudo isso, segundo o Brasil Escola, o ensino da história representa a possibilidade de aprendizados culturais, espaciais e temporais e a relação destes fatores por parte do aluno.

Ou seja, o aprendizado em história representa uma melhor compreensão da sociedade, através da análise de fatos e trajetórias de civilizações passadas.

continua após publicidade

Este estudo, por sua vez, é responsável por despertar um senso crítico e cidadão nos alunos, o que pode ser derradeiro para se sair bem na redação de inúmeros vestibulares.

Como temas históricos podem estar presentes nas redações?

Agora que vimos a importância de se estudar história para o desenvolvimento de uma visão de mundo crítica, é hora de vermos como estes conceitos podem ser aplicados nas provas de vestibular através de temas de redação relacionados com história que podem aparecer nas provas.

continua após publicidade

Ditadura Militar


continua após publicidade

O primeiro dos fatos históricos que iremos abordar que pode estar presente em diferentes temas de redação é o período da Ditadura Militar no Brasil.

De acordo com a plataforma especializada em vestibulares, a Descomplica, a Ditadura Militar pode ser referenciada em temas como a importância dos direitos humanos para a sociedade atual e também os efeitos da Ditadura Militar nos direitos humanos na sociedade brasileira contemporânea.

Logo, um estudo detalhado através de fontes confiáveis neste tema pode render grandes argumentos e entendimento sobre a relação entre este período e os direitos humanos.

continua após publicidade

Constituição brasileira de 1988


Outro tema que pode claramente ser citado em diversos temas de redação, especialmente nas redações do ENEM assim como o tema Ditadura Militar, é a constituição brasileira de 1988.

continua após publicidade

Isso se deve devido à debates legislativos extremamente presentes e relevantes na sociedade atual, como por exemplo:

  •       ° Legalidade do porte de armas
  •       ° Maioridade penal
  •       ° Legalidade do aborto

Como estes temas remetem à área legislativa e também tange os direitos de cada cidadão sobre seu próprio corpo, os debates sobre eles andam mais acesos do que nunca no país.

continua após publicidade

Ou seja, nos próximos vestibulares, a constituição de 1988 pode ser citada como argumento em todos estes temas que podem estar presentes nas redações das próximas provas.

Queda do muro de Berlim


Outro ponto que definitivamente anda em alta, não só no Brasil como mundialmente também, são as diferenças políticas e ideológicas presentes nas civilizações modernas.

Como a maior parte dos países e sociedades atuais vive em regimes democráticos, existe a possibilidade legal de se adotar qualquer ideologia, religião, credo e orientação política.

Logo, o convívio em uma sociedade representa também o convívio com pessoas que possuem diferentes visões de mundo e orientações pessoais. 

A queda do muro de Berlim, por sua vez, representou o fim de um período de separação ideológica e econômica entre a Alemanha oriental e a Alemanha ocidental.

Hoje, com o avanço e uso exacerbado de redes sociais e tecnologia, estabelecemos muros ideológicos e imaginários sustentados pelos algoritmos de redes sociais e da Internet como um todo.

Portanto, um tema que pode certamente ser tratado em redações futuras, é a atuação da Internet e das redes sociais como catalisador para a criação de barreiras e muros ideológicos.

Conclusão

Pudemos ver ao longo deste artigo como a história é uma área essencial para o desenvolvimento de uma visão de mundo crítica, o que por sua vez pode ser uma arma essencial na hora de escrever uma boa redação.

Logo, o estudo desta área e de eventos históricos é indispensável para quem quer garantir sua vaga na universidade.