MAIS LIDAS
VER TODOS

Cotidiano

Comerciante judia é vítima de ataque antissemita na Bahia: ‘Sionista, assassina’

Uma comerciante judia foi vítima de ataque antissemita, em Arraial dAjuda, na Bahia, na noite desta sexta-feira, 2. A mulher foi chamada de "assassina de crianças" pela agressora, em referência às ações de Israel contra o grupo terrorista Hamas na Faixa d

José Maria Tomazela (via Agência Estado)

·
Escrito por José Maria Tomazela (via Agência Estado)
Publicado em 03.02.2024, 19:40:00 Editado em 03.02.2024, 19:47:16
Imagen google News
Siga o TNOnline no Google News
Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.
Continua após publicidade

Uma comerciante judia foi vítima de ataque antissemita, em Arraial dAjuda, na Bahia, na noite desta sexta-feira, 2. A mulher foi chamada de "assassina de crianças" pela agressora, em referência às ações de Israel contra o grupo terrorista Hamas na Faixa da Gaza, no Oriente Médio. Vídeo que circula nas redes sociais mostra quando a mulher avança contra a lojista aos gritos. "Sionista, assassina de crianças. Eu vou te pegar, maldita sionista", grita a mulher.

continua após publicidade

Um homem segura a mulher e a tenta levar para fora da loja. Ela prossegue gritando: "Maldita sionista, eu vou te pegar. Assassina de crianças". Durante a confusão, diversos objetos em exposição caem das prateleiras. "Olha o que ela fez na minha loja, essa antissemita", diz a comerciante na gravação.

Em outro vídeo postado em redes sociais, a comerciante Herta Breslauer disse que compareceu à delegacia da Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência por injúria racial. "Acabei de sair da Polícia Civil, fiz um boletim de ocorrência. Uma mulher entrou em minha loja, me agrediu, me bateu, destruiu minha loja simplesmente pelo fato de eu ser judia. Disse que sou assassina de crianças, eu que não mato um pernilongo, só pelo fato de eu ser judia", diz, na gravação.

continua após publicidade

A Confederação Israelita do Brasil (Conib) e a Sociedade Israelita da Bahia divulgaram nota classificando como "repugnante" a agressão contra a comerciante pelo fato de ela ser judia. "Uma agressão covarde, antissemita, que deve ser investigada como crime de ódio e seguir o seu devido processo legal. A Conib vem pedindo moderação e equilíbrio às nossas lideranças para não importarmos o trágico conflito em curso no Oriente Médio."

Ainda segundo a nota, o antissemitismo deve ser condenado por todos e sua explosão nos últimos meses no Brasil e no mundo é consequência de visões odiosas e distorcidas sobre Israel e judeus manifestados por personalidades e distribuídas pelas redes sociais. "Isso precisa acabar para evitarmos consequências mais graves", diz a nota.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia e aguarda retorno. Também procurou a comerciante de Arraial dAjuda e espera retorno. A mulher que aparece no vídeo agredindo a comerciante ainda não foi identificada.

Gostou desta matéria? Compartilhe!

Icone FaceBook
Icone Whattsapp
Icone Linkedin
Icone Twitter

Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Comerciante judia é vítima de ataque antissemita na Bahia: ‘Sionista, assassina’"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
    Compartilhe! x

    Inscreva-se na nossa newsletter

    Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!