Cotidiano

Com 'dolorosa ciática', papa Francisco não presidirá missas de fim de ano

Da Redação ·

O papa Francisco não presidirá a missa de ano-novo nesta sexta-feira, 1º de janeiro, nem a da tarde desta quinta-feira, 31, devido a uma crise de dor no nervo ciático, informou a Santa Sé. "Devido a uma dolorosa ciática, as celebrações desta quinta-feira e de amanhã no altar da Cátedra da Basílica de São Pedro não serão presididas pelo Santo Padre Francisco", disse o porta-voz do Vaticano Matteo Bruni, em uma nota.

continua após publicidade

Em seu lugar, o cardeal Giovanni Battista Re presidirá nesta quinta-feira a missa, na qual será cantado o hino de louvor a Deus "Te Deum", de ação de graças.

A cerimônia das Primeiras Vésperas da Solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, será realizada às 17 horas (horário local) e se concluirá com o hino cristão pelo ano transcorrido marcado pela covid-19.

continua após publicidade

Já a Santa missa de 1º de janeiro será realizada pelo Secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin.

Francisco apenas fará a oração do Angelus na Biblioteca do Palácio Apostólico, conforme planejado. Mas o pontífice permanecerá o tempo todo sentado para evitar esforço.

O Vatican News irá transmitir a celebração com comentários em português a partir das 12h55, horário de Brasília.