Cotidiano

Com divórcio, disputa pela posse de uma gata persa vai parar no STJ

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Com divórcio, disputa pela posse de uma gata persa vai parar no STJ
fonte: Arquivo Pessoal
Com divórcio, disputa pela posse de uma gata persa vai parar no STJ

O caso da gata persa Katarina, de Águas Claras, no Distrito Federal sobe à instância máxima da justiça brasileira após divórcio de seus donos. Segundo o Portal Metrópole, nesta terça-feira (03), o atual responsável pelo felino vai levar o caso para que o Tribunal de Justiça do Distrito Federal dos Territórios (TJDFT), possa decidir sobre sua posse.

continua após publicidade

Semana passada, o homem de 33 anos que está com Katarina foi ordenado a entregar a gata a sua ex. Os juizes decidiram que cada um dos donos do animal, deve passar seis meses com o bicho, caso alguém descumpra terá que pagar multa de R$ 100 mil por dia.

Em 29 de outubro, a 2ª instância do TJDFT manteve sentença que condenou o analista de sistemas João*, 33 anos, a entregar a gata de estimação do casal à publicitária Maria*, 30, ex-companheira dele. Tanto o homem quanto a mulher foram ouvidos pelo Metrópoles. Eles pediram para não ter os nomes verdadeiros divulgados.

continua após publicidade

O tribunal estabeleceu que o animal passará seis meses com cada tutor. Caso não cumpra a decisão, o homem deve pagar multa de R$ 100 por dia.

Muito embora Katarina tenha sido um presente do ex-marido - com quem viveu por 12 anos, a separação causou a disputa pelo animal de estimação, tanto que por si só os envolvidos não chegaram a uma acordo que nesta semana deve ser finalizado.

Com Metrópoles