Cotidiano

Cliente joga cerveja em policial e acaba presa; VÍDEO

A cena foi acompanhada por outros clientes que filmaram a ação.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cliente joga cerveja em policial e acaba presa; VÍDEO
fonte: Reprodução
Cliente joga cerveja em policial e acaba presa; VÍDEO

Uma cliente foi presa na madrugada desta terça-feira (12) suspeita de desacatar policiais militares em um bar na Praça Popular, em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, ela jogou cerveja na viatura e também no rosto de um policial. A cena foi gravada por testemunhas e viralizou.

continua após publicidade

Segundo a PM, a suspeita, de 37 anos, foi presa por resistência, desacato e injúria. 

Os policiais faziam rondas, local onde há grande fluxo de pessoas nos bares do entorno da praça, quando a mulher teria jogado uma garrafa de cerveja na viatura.

continua após publicidade

Os militares desceram da viatura e se aproximaram da mulher para conversar. Na versão da PM, a cliente começou a desacatar os policiais, com xingamentos e ofensas.

Vídeos registrados por testemunhas mostram o momento em que a mulher, que segurava um copo de cerveja na mão, joga o objeto contra o rosto de um dos policiais.

O policial deu voz de prisão e pulou a barreira de segurança do bar para prender a cliente, que já estava sendo imobilizada por um segurança do estabelecimento. Um segundo policial também salta a barreira e vai em direção da mulher.

continua após publicidade

A cliente foi cercada por dois policiais e dois seguranças, mas reagiu e tentou agredir o grupo. Ela resistiu até que foi colocada no chão e imobilizada com os braços para trás pelos policiais e pelo segurança.

A cena foi acompanhada por outros clientes que filmaram a ação.

Conforme a PM, a cliente apresentava sinais de embriaguez e foi encaminhada à Central de Flagrantes.

continua após publicidade

Depois de presa, a PM divulgou que a mulher têm 22 ocorrências policiais, entre elas: ameaça, lesão corporal, perturbação, atrito verbal, constrangimento ilegal, vias de fato e injúria.

Com informações: g1

Tags relacionadas: #Cliente #desacato #policiais