Cotidiano

Cientista que desenvolvia vacina secreta contra a Covid-19 é encontrado morto

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cientista que desenvolvia vacina secreta contra a Covid-19 é encontrado morto
fonte: Reprodução
Cientista que desenvolvia vacina secreta contra a Covid-19 é encontrado morto

No sábado (19), um cientista que trabalhava com um imunizante contra a Covid-19 foi encontrado morto em São Petersburgo, Rússia.

continua após publicidade

De acordo com as informações, o doutor Alexander 'Sasha' Kagansky, de 45 anos, tinha um ferimento de faca em seu corpo quando foi encontrado após ter, supostamente, caído do 14º andar de um prédio.  

O cientista era conhecido pelo seu trabalho na luta contra o câncer e foi Diretor do Centro de Medicina Genômica e Regenerativa da Universidade Federal do Extremo Oriente da Rússia, em Vladivostok. O pesquisador morou nos Estados Unidos e trabalhou por 13 anos na Universidade de Edimburgo.

continua após publicidade

Segundo o jornal russo Moskovsky Komsomolets, o cientista estava "trabalhando em uma vacina contra a Covid-19", sem dar mais informações sobre qual imunizante, e relatou que ele morreu "em circunstâncias estranhas".  

Nesta segunda-feira (21), um homem, de 45 anos, que havia sido detido foi liberado após passar pelo teste da detecção de mentira. Segundo o relato do suspeito à polícia, o cientista teria se esfaqueado e pulado do edifício.