Cotidiano

Ciclista que perdeu os pés achou que explosivo era celular

O artefato foi deixado por uma quadrilha após ataques em agências bancárias em Araçatuba (SP)

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Ciclista que perdeu os pés achou que explosivo era celular
fonte: Divulgação/Gate PM SP

Um ciclista perdeu os dois pés após uma explosão em Araçatuba, São Paulo. De acordo com as informações da Santa Casa de Misericórdia do município, o homem havia se aproximado do artefato deixado por assaltantes porque achou que era um celular. Criminosos realizaram ataques em agências bancárias na madrugada desta segunda-feira (30) na cidade

continua após publicidade

Ainda conforme a Santa Casa, o rapaz passou por cirurgia e está internado. Ele foi um dos cinco feridos no ataque. Outras três pessoas morreram

A vítima teve os pés amputados e teve os estilhaços retirados de seu corpo, que estavam concentrados nas pernas. O paciente teve cortes profundos em todos os dedos das mãos, segundo a Santa Casa. A instituição de saúde chegou a divulgar que foi preciso amputar os dedos, mas, de acordo com o boletim mais atualizado, não foi preciso fazer o procedimento.

continua após publicidade

A vítima, que andava de bicicleta no momento da explosão, relatou sobre ter confundido o artefato explosivo com um celular, assim que acordou e retomou a consciência. De acordo com a Santa Casa, isso explicaria os ferimentos nas mãos.

Ataque em Araçatuba

Na madrugada desta segunda-feira (30), homens fortemente armados invadiram e atacaram pelo menos três agências bancárias em Araçatuba, São Paulo. 

Segundo o relato de moradores nas redes sociais, após o ataque aos bancos e troca de tiros com os agentes de segurança, pedestres e motoristas foram abordados e fritos reféns. Em vídeos, é possível ver moradores da cidade amarrados em carros sendo feitos de "escudo humano" para a fuga da quadrilha.