Cotidiano

Chuva leva sujeira à praia de Iperoig e causa transtornos em Ubatuba

Da Redação ·

As chuvas intensas que atingiram o litoral norte de São Paulo no fim de semana carregaram grande quantidade de detritos para o Rio Grande, que deságua na Praia de Iperoig, em Ubatuba. O curso dágua nasce no Parque Estadual da Serra do Mar e toda a matéria orgânica de manguezais, misturada com folhas, gravetos e galhos da floresta, além do lixo produzido em comunidades ribeirinhas, foi levada para a praia. Grande parte da faixa de areia ficou coberta de sujeira.

continua após publicidade

A Praia do Iperoig, também conhecida como Praia do Cruzeiro, fica na região central de Ubatuba e, segundo a prefeitura, o fenômeno do acúmulo de detritos é raro e decorre de eventos extremos, como a grande quantidade de chuvas. A retirada da sujeira foi iniciada ontem por equipes da Secretaria de Infraestrutura do município. A previsão é de que os serviços sejam concluídos nesta quarta.

No fim de semana, o temporal também provocou bloqueios de estradas na região de divisa entre São Paulo e Rio. No litoral sul fluminense, ao menos 18 pessoas morreram por causa de deslizamentos em Paraty e Angra dos Reis. Nessa região, parte das praias também foi bastante afetada pelas chuvas. A Praia de Itaguaçu, em Angra, ficou praticamente soterrada.

continua após publicidade

Em Ubatuba, o Rio Grande é usado para abastecimento da cidade. Conforme a gerência local da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o entulho composto de lama, pedras e galhos, entre outros materiais, chegou a obstruir a captação, mas foi retirado por equipes de plantão, de forma que o abastecimento não foi afetado. Em toda a cidade, apenas 88 imóveis da região da Barra Seca estão sendo abastecidos com caminhões-tanque, após danos provocados pela chuva na rede local. Ubatuba entrou em estado de emergência por causa dos temporais, que atingiram um acumulado de quase 600 milímetros - o dobro da chuva esperada no mês inteiro - em três dias.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.