Cotidiano

Cerveja ficará mais cara a partir de outubro

O aumento passa a valer a partir desta sexta-feira (1º) e será de 5% a 6% em chope e cervejas, incluindo embalagens descartáveis.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Cerveja ficará mais cara a partir de outubro
fonte: Pixabay
Cerveja ficará mais cara a partir de outubro

A cervejaria Ambev, dona de marcas como Skol, Brahma, Antarctica, Bohemia e Stella Artois informou aos clientes que aumentará o preço da cerveja. A inflação dos custos, do câmbio e o aumento da carga tributária já afeta a empresa, segundo apurou a Folha de São Paulo. 

continua após publicidade

O aumento passa a valer a partir desta sexta-feira (1º) e será de 5% a 6% em chope e cervejas, incluindo embalagens descartáveis. 

A cervejaria concentra 60% de participação de mercado no país informou que "em linhas gerais, a variação da inflação, variação de custos, câmbio e carga tributária”. E acrescenta: “os reajustes podem variar entre regiões, marcas, embalagens e segmentos”.

continua após publicidade

“Reforçamos o nosso compromisso com a competitividade das nossas marcas no mercado, visando sempre a boa performance do volume de vendas da indústria”, diz a Ambev no comunicado.

Com informações do IG