Cotidiano

CEO da Transduson, Dra. Luciana Dias fala da sua trajetória

A Dra. Luciana Dias participou do programa “Brasil Que Faz” com Elvis Cezar na RedeTV!

Da Redação ·

A médica e CEO da Transduson falou sobre sua trajetória profissional, bem como sua vida acadêmica, especialmente para o programa “Brasil Que Faz”, da RedeTV!, que foi ao ar no domingo (3). O “Brasil Que Faz” é apresentado pelo advogado e político brasileiro Elvis Cezar, e tem como proposta debater temas que envolvem empreendedorismo, negócios e histórias de superação. 

continua após publicidade

Durante sua participação, a Dra. Luciana Dias compartilhou os desafios que enfrentou na carreira e relembrou com carinho dos pais, que serviram de inspiração para sua jornada no universo do empreendedorismo. Desde cedo, ela acompanhou o comprometimento que ambos tinham com o trabalho. 

Nascida em Ituverava, interior de São Paulo, a fundadora da Transduson contou que nunca precisou custear os estudos, do ensino fundamental à faculdade, até se tornar uma das médicas mais bem conceituadas do país. 

continua após publicidade

Aos 13 anos de idade, participou de uma maratona de matemática, com mais de 30 mil candidatos, e conquistou o primeiro lugar. Nessa ocasião, foi premiada com uma bolsa integral na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo. A partir daí, estava começando a escrever sua trajetória. 

Após prestar vestibular de medicina, foi aprovada para estudar na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP), cumprindo a residência do curso na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e no Hospital das Clínicas de São Paulo, local em que atuou por 14 anos como médica. 

Anos mais tarde, decidiu ampliar os conhecimentos e ingressou em um programa de mestrado, oferecido pela Universidade de São Paulo (USP). Além disso, realizou o doutorado pela mesma universidade, onde defendeu uma tese sobre Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) e Avaliação dos Cistos Ovarianos, obtendo nota máxima. 

continua após publicidade

Para ela, todo conhecimento adquirido ao longo dos anos foi importante para o crescimento na carreira. “Na área da Medicina não dá para começar do nada. Primeiro, é fundamental ganhar conhecimento para depois desenvolver o seu negócio. Então eu fui procurar conhecimento. Pensar mais. Aprender mais. Ver como meus grandes professores agiam”, destacou. 

Depois que concluiu o doutorado pela USP, a médica se sentiu preparada e abriu seu primeiro consultório na Avenida Rebouças, na capital paulista. Ela recorda que foi um período muito difícil, pois a concorrência era grande e o mercado já contava com profissionais altamente especializados. Essa fase durou até ela conhecer a cidade de Carapicuíba e fundar a Transduson Medicina Diagnóstica Avançada, um laboratório bem estruturado, completo e moderno. 

Há 30 anos no mercado, é considerado o maior da região metropolitana de São Paulo. Em uma área útil de 30 mil metros, atende mais de mil pessoas por dia. Nos últimos anos, a Transduson Medicina Diagnóstica Avançada iniciou sua expansão geográfica na região de Carapicuíba e ampliou seu atendimento com filiais em Alphaville e Jandira. 

continua após publicidade

Para assistir ao programa na íntegra, clique aqui. 



Tags relacionadas: #BRASIL #ENTREVISTA #médica