Cotidiano

Casal é morto a tiros após desentendimento por som alto

O responsável pelo crime está foragido. O caso ocorreu em Birigui, São Paulo

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
A família das vítimas pede por justiça
fonte: Reprodução/Facebook
A família das vítimas pede por justiça

Um casal foi morto a tiros no último sábado (9) devido a um desentendimento por som alto, em Birigui, São Paulo. As vítimas, identificadas como Mirlene Gonçalves, de 41 anos, e o marido dela, Robson Leandro Fioroto, de 43, foram mortos pelo vizinho, que fugiu após o crime. 

continua após publicidade

A Polícia Civil (PC) está à frente do caso e informou que o suspeito do crime mora próximo à casa onde Mirlene e Robson moravam. No sábado, ele chegou de carro no local e estacionou em frente de sua residência, onde permaneceu com o som alto. 

Isso deixou Mirlene incomodada. Ela foi até a calçada pedir para o vizinho diminuir o som, mas eles acabaram discutindo. 

continua após publicidade

Na sequência, o homem foi até seu veículo e pegou uma carabina calibre .44 e atirou contra a mulher. O disparo atingiu a cabeça dela. 

Ao ouvir a confusão, Robson foi até a calçada e encontrou a mulher caída. Ele também foi atingido com disparos nas costas e morreu no quintal da residência.

Ainda segundo a ocorrência, ao ser atingido, Robson conseguiu ligar para a filha de Mirlene e pedir socorro. Segundo testemunhas foram feitos pelo menos oito disparos contra o casal.

continua após publicidade

Uma equipe de socorro foi acionada, mas apenas puderam constatar o óbito das vítimas. 

Após o crime, o autor dos disparos fugiu em seu carro e até o momento ainda não foi localizado pela polícia.

Familiares das vítimas relatam que o casal mantinha uma boa relação com o vizinho e não houve nenhuma discussão anterior entre eles.

Com informações do UOL.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News