Cotidiano

Casal da Bolívia vende filha de um mês por R$ 1,6 mil; pai é preso

Após a polícia resgatar o bebê, o casal que comprou a criança queria ser ressarcido por ter tido muitas despesas com roupas e enxoval

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Uma sargento amamentou a criança que estava agitada e chorando após ser resgatada
fonte: Reprodução/Redes Sociais
Uma sargento amamentou a criança que estava agitada e chorando após ser resgatada

Um caso que foi noticiado no dia 12 de julho está ganhando grande repercussão no mundo todo. Conforme jornais locais, especificamente o “La Razón” e "El Deber", a polícia da Bolívia prendeu um pai que vendeu a filha de apenas um mês por 2 mil bolivianos, o equivalente a cerca de R$ 1,6 mil.

continua após publicidade

O crime aconteceu na cidade de Santa Cruz de La Sierra e, de acordo com informações passadas pela polícia por meio de uma nota publicada nas redes sociais, a mãe da criança teria apenas 17 anos - não foi informado o que aconteceu com ela. O pai, de 23 anos, foi identificado como Faustino C. M. e preso.

A compra do bebê foi descoberta por uma vizinha do casal de pais que, ao se dar conta do ocorrido, denunciou o caso para a polícia. A criança foi levada para um hospital da região após ser resgatada por agentes.

continua após publicidade

Ainda de acordo com a polícia, quando o neném estava sendo atendido pela equipe médica, começou a ficar extremamente agitado e a chorar. Uma sargento amamentou a criança, que se tranquilizou após isso.

Segundo a mídia boliviana, o casal que comprou o bebê, após a polícia o resgatar, queria ser ressarcido pelo desembolso da criança e por ter tido muitas despesas com roupas e enxoval.

A polícia de Santa Cruz de La Sierra vai investigar o caso.

continua após publicidade


Fonte: Informações do g1.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News