Cotidiano

Casal acusado de violentar bebê de 9 meses é absolvido

O caso ocorreu em janeiro de 2020. A criança morreu após quase 4 meses internada.

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Casal acusado de violentar bebê de 9 meses é absolvido
Casal acusado de violentar bebê de 9 meses é absolvido

A mãe e o padrasto acusados de matar um bebê de apenas nove meses em janeiro de 2020, dentro de uma casa, foram inocentados pela Justiça nesta sexta-feira (6), durante julgamento no primeiro Tribunal do Júri de Belo Horizonte.  A sessão foi presidida pela juíza Myrna Fabiana Monteiro Souto e o conselho de sentença foi formado por três homens e quatro mulheres. Cabe recurso da decisão. O caso ocorreu no bairro Coqueiros, na região Noroeste de BH.

continua após publicidade

De acordo com a denúncia, o casal Josiane Manoela Mendes Naum e Luiz Phillipe Pereira Lima teriam violentado a criança com golpes na cabeça, no tórax e no abdômen e ainda empregado técnicas de asfixia na criança que foi socorrida, mas morreu após cerca de três meses e meio de internação. Tudo isso teria ocorrido após eles saírem de uma festa.

A denúncia aponta ainda que os dois faziam uso de bebidas alcóolicas, de entorpecentes e que expunham a criança a cenas de violência doméstica.

continua após publicidade

Durante o julgamento, Josiane Manoela Mendes contou que havia passado mal na festa e decidiu voltar para casa para dormir. Ela relatou ainda que, mais tarde, Luiz Phillipe teria colocado a filha dela na cama e que somente no dia seguinte percebeu que a criança estava desfalecida e decidiu procurar por socorro.

Em depoimento, Luiz Phillipe contou que durante a festa foi até em casa e encontrou a criança caída, no chão da cozinha. Ao perceber a situação, ele disse que pegou a menina e a entregou para uma tia de Josiane.

O Ministério Público pediu a absolvição apenas da mãe da criança, mas o conselho de sentença decidiu pela absolvição dos dois acusados.

Com informações o tempo.

Tags relacionadas: #casal #julgamento #JUSTIÇA