Cotidiano

Câmeras flagram assalto cometido por falsos entregadores na região dos Jardins

Da Redação ·

Câmeras de segurança flagraram a realização de um assalto feito por dois falsos entregadores na noite de segunda-feira, 14, na rua José Maria Lisboa, na região dos Jardins, região nobre da capital paulista. Três pessoas foram abordadas pelos criminosos, no momento em que caminhavam pela calçada.

continua após publicidade

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), o caso exibido no vídeo foi registrado pelas vítimas em dois boletins de ocorrência na delegacia eletrônica, sendo encaminhado ao 78ºDP (Jardins) para investigação. Uma equipe analisa as imagens que possam auxiliar na identificação e prisão dos suspeitos que se passavam por motoboys.

Por volta das 19h, as câmeras registraram o momento em que os dois criminosos - cada um com uma motocicleta vermelha - estacionaram os veículos, ambos sem placa, e ficaram aguardando as vítimas passarem. Para evitar suspeitas, usavam uma bag do iFood, aplicativo de entregas. Eles conversaram por alguns instantes, enquanto um senhor com chapéu atravessava a rua e um veículo branco parava do outro lado da via.

continua após publicidade

Segundos depois, duas pessoas andavam pela calçada com um cachorro. No sentido oposto, outra mulher caminhava sozinha. Os três foram abordados pelos dois assaltantes, embora todos tentaram se esquivar da abordagem, em um primeiro momento.

O criminoso chegou a levantar a camiseta, indicando que estava armado no momento em que abordou o homem e a mulher. Durante a ação, a jovem segurou o cachorro e o rapaz, ao seu lado, permaneceu com as mãos para o alto, em sinal de que faria o que os criminosos estavam falando.

A outra mulher, que vinha no sentido contrário, foi segurada pelo braço por um dos assaltantes, que arrancou todos seus acessórios e joias. Os dois bandidos ainda foram em direção dela para arrancar, aparentemente, mais objetos. Durante a ação, eles estavam usando capacetes, o que acaba dificultando a identificação.

continua após publicidade

Segundo a SSP, as forças de segurança paulistas atuam de maneira coordenada e de forma a ampliar a proteção da população em operações diárias de combate à criminalidade, em todas as regiões da capital, sobretudo no centro da cidade.

"Os setores de inteligência das instituições policiais monitoram e analisam os indicadores mensais para embasar as ações de policiamento preventivo, ostensivo e de polícia judiciária, visando à redução de incidência de manchas criminais", disse, em nota.

Conforme a secretaria, no ano passado, 765 criminosos foram detidos em flagrante e 17 armas de fogo foram apreendidas.

continua após publicidade

Em razão dos uso da bag do iFood, a empresa se pronunciou e disse que está à disposição para colaborar com as autoridades de segurança pública. "Caso seja confirmado cadastro do entregador em questão na plataforma, as providências cabíveis serão tomadas imediatamente", disse, em nota.

O iFood acrescentou que o uso da bag com logo da empresa não representa que a pessoa está cadastrada na plataforma. Para se cadastrar como entregador, o interessado deve ter mais de 18 anos e incluir os dados e documentos solicitados. Em seguida, os dados e os documentos são verificados, o que inclui reconhecimento facial.

Ainda segundo a empresa, no protocolo de cadastro dos entregadores é feita a checagem de antecedentes criminais e dos documentos de identificação apresentados. "Essa validação facial também é solicitada de forma periódica, para garantir que o entregador é ele mesmo e evite o aluguel e empréstimo da conta", afirmou o iFood.