Cotidiano

Brasil tem 3.600 mortos por Covid-19 em 24 horas

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Brasil tem 3.600 mortos por Covid-19 em 24 horas
fonte: Alex Pazuello/Semcom
Brasil tem 3.600 mortos por Covid-19 em 24 horas

O Brasil registrou hoje um novo recorde de mortes em decorrência da covid-19: 3.600 em 24 horas. A média móvel de óbitos também registrou seu maior número desde o início da pandemia, com 2.400 mortos nos últimos sete dias. O aumento de mortes verificado em alguns estados — São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás e Santa Catarina — entre ontem e hoje se deve a um represamento de dados que ocorreu nesta semana, após uma mudança no registro de óbitos feita pelo Ministério da Saúde, que depois voltou atrás.

continua após publicidade

"Embora as mudanças tenham sido anuladas neste mesmo dia (24), desde ontem os dados ainda estão impactados pela medida", disse o governo de São Paulo, que registrou hoje 1.193 mortes em 24 horas — um recorde no estado. A maior marca de mortes no país até esta sexta-feira havia sido registrada na terça — 3.158 óbitos. Na mesma data, a média móvel foi de 2.349 mortos. Com o recorde de hoje, o Brasil ocupa o segundo lugar entre os países que tiveram mais mortes registradas em um único dia — em primeiro estão os Estados Unidos, que bateram a marca de 4.000 mortes em 24 horas em janeiro. Ao todo, o país contabiliza 307.326 mortes desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas foram confirmados 82.558 diagnósticos positivos. Com isso, o Brasil chega a 12.407.323 casos de infecção de covid-19, segundo levantamento do consórcio de veículos de imprensa.

Apenas a região Norte está estável na média de mortes, com 4% de variação na comparação com 14 dias atrás. Todos as outras regiões apresentam aceleração: Nordeste (22%), Centro-Oeste (56%), Sudeste (46%) e Sul (20%). Dezenove estados mais o Distrito Federal, apresentam alta no índice. Dois estados estão em queda e cinco estão estáveis.

continua após publicidade

Com informações do UOL.

Tags relacionadas: #BRASIL #COVID-19 #mortes