Cotidiano

Brasil registra 143 mortes e mais de 22 mil novos casos de coronavírus

A média móvel de óbitos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 248. Este é o 21º dia seguido acima de 200

(via Agência Estado) ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Nas últimas 24 horas, foram notificados ainda 22.855 novos casos de coronavírus
fonte: Pixabay
Nas últimas 24 horas, foram notificados ainda 22.855 novos casos de coronavírus

O Brasil contabilizou nesta segunda-feira, 18, 143 mortes por covid-19. Com os dados das últimas 24 horas, o total de vítimas da doença chega a 675.551. A média móvel de óbitos, que elimina distorções entre dias úteis e fim de semana, está em 248. Este é o 21º dia seguido acima de 200.

continua após publicidade

Nas últimas 24 horas, foram notificados ainda 22.855 novos casos de coronavírus. Já a média móvel de testes positivos dos últimos sete dias passou a ser de 54.258. Até este momento, o total de diagnósticos para covid é de 33.319.635 no País.

Os dados diários da pandemia no Brasil são do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, g1, O Globo, Extra, Folha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde, em balanço divulgado às 20h. Segundo os números do governo, o total de recuperados é de 31,6 milhões de pessoas.

continua após publicidade

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde 8 de junho de 2020, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

O Ministério da Saúde informou nesta segunda-feira que, nas últimas 24 horas, foram registrados 38.697 novos casos e 168 mortes provocadas pela covid-19. A pasta conta, desde o início da pandemia, 33.339.815 testes positivos para a doença e 675.518 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News