Braço-direito de líder de facção criminosa é preso no Paraguai - TNOnline
Mais lidas

    Cotidiano

    Narcotráfico

    Braço-direito de líder de facção criminosa é preso no Paraguai

    Braço-direito de líder de facção criminosa é preso no Paraguai
    Foto por Divulgação/PCRJ
    Escrito por Da Redação
    Publicado em 15.02.2021, 14:06:54 Editado em 15.02.2021, 14:07:28
    Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

    A Polícia Civil do Rio de Janeiro (PCRJ), em operação conjunta com a Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad), prendeu, na noite desse sábado (13/2), o braço-direito do líder de uma facção criminosa acusado de traficar armas para o Brasil.

    Conhecido como Turco, o criminoso foi preso em flagrante em uma mansão na capital do Paraguai, em Assumpção. Ele apresentou uma identidade falsa às autoridades com o nome de Gabriel Mendes da Silva e alegou ter nascido no Pará.

    Os serviços de inteligência buscam, no entanto, pela qualificação verdadeira do criminoso por meio de análise papiloscópicas. Ele ficará custodiado no Paraguai.

    Turco é considerado braço-direito de Ricardo Luiz Picolotto Pedroso da Silva, vulgo R7, que é narcotraficante e traficante de armas. Ele é líder de uma nova facção intitulada Os Manos, que possui ligação estreita com o Primeiro Comando da Capital (PCC).

    R7 também foi alvo de mandado de prisão nessa noite, em uma outra mansão na cidade de San Bernardino, no Paraguai, mas conseguiu fugir. Os policiais encontraram a penas a mulher e o filho recém-nascido do traficante.

    Ricardo Picolotto é investigado por enviar remessas de arma de fogo para comunidades cariocas e fluminense. “É um traficante violento e metódico ainda pouco conhecido das polícias brasileiras”, informou a Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), em nota.

    O traficante também tem negócios com Luciano Martiniano da Silva, vulgo Pezão, traficante carioca foragido da Justiça que se encontra escondido no Paraguai e também é alvo das investigações da Desarme.

    No Paraguai, R7 recebe armas dos Estados Unidos, de Israel, da Europa, da China e até mesmo da Austrália. Do país vizinho, envia o material bélico para vários estados do Brasil, inclusive, para o Rio de Janeiro.

    Com informações de: Metrópoles

    Gostou desta matéria? Compartilhe!

    Mais matérias de Cotidiano

    Deixe seu comentário sobre: "Braço-direito de líder de facção criminosa é preso no Paraguai"

    O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.