Cotidiano

Bispo italiano morre após contrair covid-19 em missão na Bolívia

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Bispo italiano morre após contrair covid-19 em missão na Bolívia
fonte: Reprodução
Bispo italiano morre após contrair covid-19 em missão na Bolívia

Na quarta-feira (15), o italiano Dom Eugenio Scarpellini morreu sendo vítima do novo coronavírus, em El Alto, Bolívia, informou o Vaticano. O italiano tinha 66 anos.

continua após publicidade

Scarpellini era bispo da cidade de El Alto, na Bolívia. Ele foi o primeiro religioso a falecer por causa do covid-19 no país.

"Hoje teve duas paradas cardíacas e os médicos não puderam fazer nada", dizia um relatório do sistema de comunicação da Igreja.

continua após publicidade

Scarpellini estava internado no Hospital Sagrado Coração de El Alto, onde exercia seu ministério. Em sua última homilia fez um pedido aos fiéis, pediu para que fossem discípulos missionários de Jesus e acrescentou: “escutar e meditar no silêncio do coração as palavras do Senhor, ser fiel a Ele no caminho da conversão, ser firme nas adversidades e, assim, dar frutos abundantes”.

Eugenio nasceu em Verdellino, Bergamo, que fica no norte da itália e no ano de 2013, Scarpellini foi nomeado bispo de El Alto.

A família e outros sacerdotes lamentaram a morte nas redes sociais.

continua após publicidade

“Perdemos um irmão fisicamente, mas seu espírito vai nos acompanhar sempre – esse espírito de luta e trabalho, sobretudo, de um convencimento inquebrantável em relação à dinâmica da missão. Ele estava convencido de que a Igreja tinha que viver a sua dimensão missionária", relatou o arcebispo de Sucre. 

"Eugenio Scarpellini. Um bispo sangue do nosso sangue!", disse uma sobrinha.

Com informações; Vatican News.