Cotidiano

Bebê é encontrado com membros amputados em terreno baldio

De acordo com a perícia da Polícia Civil, a criança chegou a nascer com vida

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Bebê é encontrado com membros amputados em terreno baldio
fonte: Reprodução/Google Street View
Bebê é encontrado com membros amputados em terreno baldio

Na última terça-feira (10), um bebê pré-maturo foi encontrado sem as pernas e os braços, em um terreno baldio, em Itaboraí, Rio de Janeiro. De acordo com a perícia da Polícia Civil (PC), a criança chegou a nascer com vida, porém, foi morta por asfixia mecânica.

continua após publicidade

De acordo com as autoridades, a mãe do bebê, Maurilia de Carvalho de Sousa, de 41 anos, foi presa acusada por homicídio qualificado do próprio filho. 

Maurilia foi encontrada após os agentes seguirem as manchas de sangue deixadas onde o corpo do bebê foi deixado. Os policiais também encontraram a placenta e o respectivo cordão umbilical. A acusada já estava no sexto mês de gestação. 

continua após publicidade

Os policiais percorreram um trajeto de, aproximadamente, 500 metros, e o rastro de sangue chegava até a casa da mãe do bebê, que ainda estava suja de sangue nas pernas e pés. Quando os agentes chegaram no local e encontraram Maurilia lavando a parte externa da casa para retirar as poças e manchas de sangue. 

Posteriormente, o laudo de necropsia comprovou que o bebê havia nascido com vida, sendo morto por "constrição do pescoço", ou estrangulamento. Além disso, ao contrário do que os peritos supuseram a princípio, os membros da criança não foram arrancados por algum animal, mas sim retirados com uso de "instrumento perfurocortante", como atestou o documento.

Para os investigadores, após matá-lo, Maurilia teria decidido esquartejar o filho pré-maturo para dificultar que o corpo fosse encontrado. 

Com informações; Extra.